08002825480

Modelos de carteira de investimentos para empreendedores!

Ler depois

Modelos de carteira de investimentos para empreendedores!

Ler depois

Nos negócios, ter uma carteira de investimentos sempre ativa é muito importante para garantir mais tranquilidade para investidores e sócios. Embora esse termo, em geral, seja usado para designar valores investidos no mercado de ações, sua abrangência se estende aos fundos mais conservadores, inclusive a velha caderneta de poupança.

Empresas que investem recursos visando o retorno subsequente contam com mais possibilidades para crescer sem depender de empréstimos ou financiamentos. Como se sabe, essas são formas de aplicação de recursos que geram custos. São o contrário das reservas investidas em ativos financeiros, que sempre rendem juros, por menores que sejam as taxas.

Se o seu empreendimento ainda não tem nenhum tipo de investimento aplicado, recomendamos enfaticamente a leitura desse artigo. Acompanhe até o final e saiba como e por que você deve pensar em formar uma reserva de segurança.

Avalie seu perfil de carteira de investimentos

Um equívoco geralmente cometido por quem começa a investir sem muita informação é a falta de conhecimento sobre o próprio perfil. Na verdade, o perfil de um investidor tem mais a ver com os objetivos traçados para aquela determinada reserva financeira.

Por exemplo, vamos supor que sua empresa esteja projetando construir um novo escritório no prazo de 2 anos. Para tanto, de acordo com as análises realizadas, a projeção da inflação e outros indicadores macroeconômicos, chegou-se a um montante para dar início às obras.

Após uma consulta ao saldo bancário e ativos imobilizados que possam ser liquidados, será necessário um adicional de 20% em cima do total arrecadado.

Nesse caso, a melhor opção é recorrer a uma carteira de investimentos. No nosso caso hipotético, considerando que a empresa precisará de mais 20% do que tem à disposição, fica mais fácil definir um perfil de investimento que seja compatível com o objetivo traçado.

O mesmo vale para qualquer outra meta que venha a ser proposta. Avalie quanto tem disponível, de quanto a mais vai precisar e considere as opções à disposição.

Organize-se para mitigar perdas e o risco envolvido

O exemplo citado serve para ilustrar como a definição de metas é importante antes de aplicar recursos financeiros. Entretanto, existe ainda uma outra questão que deve ser colocada na balança: as eventuais perdas que determinadas carteiras geram para seus investidores.

Normalmente atreladas a investimentos de alto ou médio risco, essas perdas podem ser mais ou menos relevantes, conforme os objetivos que se tenha em vista. No caso da expansão já citada, pode não ser interessante aplicar recursos em fundos com alto risco, como carteira de ações, sob pena de não contar com os recursos necessários dentro do prazo estipulado.

Portanto, o risco envolvido tem relação direta com o prazo determinado para a recuperação do valor investido. Se for curto ou médio, o fundo a ser gerenciado deverá atender esse perfil. Por outro lado, se não há limite de tempo para reaver os valores, um investimento mais agressivo, logo, mais arriscado, pode ser o ideal.

Aí vai uma dica: coloque suas metas no papel ou em uma planilha em seu computador. Você poderá dispor os seguintes dados:

  • Objetivo traçado;
  • Valor a ser atingido;
  • Montante inicial;
  • Taxa de juros;
  • Perdas eventuais.

Planejamento Financeiro

Objetivo – Construir nova loja

Período/prazo – Longo — 2 anos

Origem do montante inicial – Valor arrecadado com venda de ativos imobilizados (imóveis, dinheiro aplicado etc.)

Valor a ser atingido com rendimentos – R$ 10 mil

Taxa de juros ao ano – 12%

Considerando esses fatores, você poderá optar por um dos seguintes exemplos de investimentos:

Mercado de ações

Investir no mercado de ações pode ser bastante rentável. Entretanto, essa modalidade de investimento envolve a volatilidade do mercado, o que representa riscos consideráveis para o investidor.

Uma ação nada mais é do que uma fração do patrimônio de uma empresa. Após abrir capital, todo investidor que adquirir ações dessa empresa poderá extrair juros e dividendos, conforme os títulos ganharem valor de mercado. Mas se há a possibilidade de valorização, por outro lado as ações também podem perder valor.

Para poder investir em ações na bolsa de valores, é necessário abrir conta em um banco de investimentos, tal como deve ser feito ao investir no Tesouro Direto, do qual falaremos adiante.

Moedas digitais

As moedas digitais já são uma realidade, indicadas como modalidade de investimento com risco alto para moderado. Embora os investimentos em bitcoins — como são chamadas as moedas virtuais — possam ser feitos de diversas formas, no final das contas tudo se resume a lucrar com o spread. Trata-se da diferença entre o valor pago ao comprar a moeda e o valor percebido na hora da venda.

Se a sua ideia é lucrar somente em operações de compra e venda, desde que tenha tempo para acompanhar o mercado, poderá abrir uma conta em uma das corretoras online de bitcoins e começar a operar com criptomoedas. Mas, vale o alerta: esse é um mercado de risco elevado, portanto, informe-se muito bem antes de investir seu dinheiro.

Tesouro Direto

No caso do Tesouro Direto, as vantagens são maiores, se o fator a se considerar for o risco. Com rentabilidade bem acima dos fundos mais conservadores, como CDB, DI e Caderneta de Poupança, é de fato uma opção que permite lucratividade acima da média, considerando seu risco relativamente baixo.

Poderíamos até dizer que o Tesouro Direto é como se fosse um meio termo entre mercado de ações (alto risco) e investimentos conservadores. Para objetivos com prazo determinado para serem alcançados, ou mesmo para empresas em incubadoras, é provavelmente a modalidade mais indicada.

Para aderir a essa carteira de investimentos, você deverá abrir uma conta em uma corretora que possa negociar por você. Provavelmente, seu banco tem uma linha de operações para investidores, mas o mais recomendável é que você escolha uma instituição que cobre taxas mais baratas, ou mesmo que seja isenta de cobranças sobre as operações realizadas.

Assine nossa news, preenchendo o formulário abaixo e mantenha-se sempre atualizado. Afinal de contas, conhecimento é poder!

Até a próxima!

Leia Também