08002825480

7 estratégias para destacar sua empresa no mercado

Ler depois

7 estratégias para destacar sua empresa no mercado

Ler depois

Uma das receitas de sucesso para vencer a concorrência é se antecipar. Diversificar as estratégias coloca sua empresa alguns passos à frente.

Há uma frase atribuída a Henry Ford que ilustra bem o sentido da inovação, do “fazer diferente”, no mundo dos negócios. Teria dito o célebre fundador da montadora que leva o seu nome: “se tivesse perguntado às pessoas o que elas queriam, elas diriam: cavalos mais rápidos”.

Se sua empresa pudesse chegar aos clientes de uma forma que os concorrentes não costumam fazer, certamente ela teria uma boa vantagem, concorda?

Isso é perfeitamente possível, e o que é melhor, não chega a custar muito. Mas como fazer? Acompanhe as 7 dicas a seguir e crie sua estratégia para vencer a concorrência.

1. Parcerias com outras empresas

Embora possa parecer contraditório, as parcerias continuam sendo um meio de minimizar o impacto de uma crise econômica prolongada. Quando o país atravessa uma fase de recessão, um dos entraves à retomada do crescimento é exatamente usar a estagnação como justificativa para não fazer nada.

Crises são, na verdade, oportunidades para crescer; em outras palavras, para aprender a fazer de um jeito diferente.

Nos momentos de dificuldade, formar parcerias com empresas de outros segmentos é uma boa alternativa. Afinal, a recessão econômica é invariavelmente compartilhada por todos. Seguir o bom e velho ditado “a união faz a força” é não apenas indicado, mas questão de sobrevivência. Veja uma lista de algumas coisas que sua empresa pode fazer:

  • trocar espaços de exposição para anunciar produtos, serviços e promoções;
  • fazer permutas;
  • oferecer descontos do tipo “cross-sell” para clientes  — um exemplo disso são postos de combustível que oferecem descontos na compra de lubrificantes para quem abastecer.

2. Google Meu Negócio

Uma possibilidade rápida de investir em marketing digital é criar um site pela plataforma Google Meu Negócio, desenvolvida justamente para PMEs com pouca ou nenhuma infraestrutura para desenvolver um site.

O processo de criação é bastante simples e pode ser feito até mesmo por pessoas leigas em programação. Na verdade, até quem não tem muito contato com a internet pode utilizar a ferramenta sem enfrentar muitas complicações.

Uma das vantagens dessa plataforma é que ela conta com um Analytics próprio. Você terá acesso imediato aos dados de sua audiência, como quantidade de acessos, número de ligações e outros dados relevantes.

3. Participação em eventos

Dissemos no início que a cooperação entre empresas ajuda a minimizar os efeitos da crise, certo?

Nesse aspecto, é importante considerar também a expansão de sua rede de relacionamentos, ou seja: o networking. Uma oportunidade para isso é participar de feiras e eventos relacionados a seu tipo de negócio. Tem uma cervejaria? Veja aqui um exemplo de evento em que você poderá se inscrever e fazer contato com profissionais do ramo, para troca de experiências e até para fazer parcerias.

O importante é que você esteja sempre antenado com o que acontece, já que nessas feiras e exposições também são lançadas novas tecnologias. Ou seja: é mais uma chance que seu negócio tem para se colocar à frente dos concorrentes diretos.

4. Revistas customizadas

Uma forma de tornar seu negócio conhecido é produzir revistas customizadas. Embora tenham um custo relativamente mais alto, se comparado com os meios eletrônicos, elas são uma forma de materializar a presença de sua empresa perante seus clientes.

Com uma revista, sua marca ganha tempo de visibilidade. Nas mídias digitais, a rapidez dos anúncios faz com que os espaços de exibição sejam mais disputados, ou seja, seu negócio fica menos visível, em função da maior concorrência. O mesmo não acontece com as revistas, que, com o conteúdo certo, são vitrines mais duradouras e menos “descartáveis”.

5. Investir em comunicação integrada

Sua empresa investe em comunicação unificada? Se ainda não, talvez seja a hora de começar a desenvolver ações nesse sentido. Empresas que integram seus meios de comunicação conseguem atender com mais rapidez o exigente consumidor omnichannel. Assim é conhecido o cliente que utiliza múltiplos meios de comunicação para fazer contato com as empresas, tanto online quanto offline.

O omnishopper, como também é chamado, poderá usar o telefone para tirar uma dúvida e, posteriormente, as redes sociais para fazer elogios, sugestões ou reclamações. Se seus canais de comunicação não atuam em sinergia para receber o contato desse novo tipo de consumidor, poderá haver prejuízos em imagem e reputação.

Isso acontece porque o novo cliente superconectado é extremamente impaciente, e, quando não é atendido com rapidez, migra para a concorrência sem pensar duas vezes.

6. Anuncie em mídias locais

Em comunicação, costuma-se dizer que o advento de uma nova mídia não representa o fim de outra.

Para ilustrar isso, exemplos não faltam. O rádio não acabou em função da expansão da TV, assim como a televisão permanece, mesmo com o avanço da internet.

Portanto, seu negócio pode e deve se fazer presente nas mídias offline com a mesma intensidade que se apresenta em sites e redes sociais. Essa é uma recomendação que vale, em especial, para pequenos negócios locais, ou que tenham “loja única”, exclusivamente dedicada a vendas diretas.

Avalie se em seu bairro já não existe um jornal de classificados de circulação local, uma rádio aberta ou mesmo um canal ou programa de TV. A publicidade offline ainda é um ótimo veículo para tornar sua atividade ainda mais visível e deixar os concorrentes em segundo plano.

7. Faça branding em eventos sociais/esportivos

Para se destacar diante dos concorrentes, sua empresa deve investir no potencial de sua marca. O branding é a resposta para quem precisa se posicionar no mercado e, principalmente, fidelizar clientes.

Empresas de credibilidade e imediatamente reconhecidas tendem a ser priorizadas na hora da compra, como comprova uma pesquisa do Datafolha, em que fica evidente a importância das marcas para o consumidor brasileiro.

Uma forma de elevar sua reputação é estampar sua marca em espaços destinados para patrocinadores de eventos sociais e esportivos, que podem até mesmo serem promovidos pela sua empresa.

Como vimos até aqui, com planejamento e um pouco de ousadia é possível tomar parte em ações inéditas, o que certamente gera retorno à imagem da sua empresa. Sua marca é um patrimônio intangível, fundamental para vencer a concorrência, seja na crise ou nos momentos de economia aquecida. Portanto, arregace as mangas e colha os doces frutos de uma estratégia inovadora para o seu negócio.

Agora que você conhece novas formas para se destacar, que tal aprender ainda mais, acessando o artigo em que contamos a história de empresários que usaram a resiliência para vencer a crise?

Leia Também