08002825480

Black Friday 2018: como aproveitar para vender mais?

Ler depois

Black Friday 2018: como aproveitar para vender mais?

Ler depois

A Black Friday chegou ao Brasil em 2011. Desde então a data foi incorporada ao calendário comercial para alavancar vendas. Em geral, as ofertas duram 24 horas. Contudo, o planejamento para que elas gerem lucros para as empresas podem levar meses.

Mas por que uma única data do ano demanda tanto esforço dos empreendedores? Como se planejar para melhorar os resultados com as vendas da Black Friday e aproveitar a data para melhorar o desempenho durante todo o ano? É o que vamos descobrir neste texto.

Planeje-se com antecedência

Durante a última sexta-feira de novembro, as lojas e e-commerces enfrentam um fluxo maior de clientes e visitas. Isso demanda que os sistemas operem com robustez e que os estoques estejam bem abastecidos. Além disso, as ofertas precisam ser atraentes, mas sem prejudicar a margem de lucro de seu negócio.

Assim, é importante analisar atentamente o seu empreendimento para que os descontos sejam bem distribuídos e o estoque esteja preparado para a procura. Também é fundamental, no caso de e-commerce, solicitar um esforço extra das equipes de TI e marketing digital, uma vez que, além de divulgação adequada, a página precisa suportar um alto volume de acessos.

Se você investe no ramo digital, seja na área de marketing, , desenvolvimento de back- ou front-end, é uma ótima oportunidade de divulgar seu negócio, fechar contratos e realizar parcerias. Por sinal, já abriu uma MEI e atualizou seu LinkedIn?

Já se o seu negócio é uma loja de e-commerce, prepare-se e busque profissionais, ainda que temporários, para suprir essa demanda sazonal. Atualmente, é possível encontrar fornecedores em todo o Brasil, uma vez que esse tipo de trabalho pode ser realizado remotamente. Você pode, inclusive, realizar uma entrevista online e observar a desenvoltura dos profissionais de tecnologia na web.

Prepare-se para a Black Friday

Entenda o que não pode faltar e planeje-se com antecedência e estratégia e arrase nesse período:

Tenha estratégia

Em geral, especialistas recomendam que o planejamento tenha um mínimo de 90 dias. E tudo começa com uma definição de estratégia para a campanha. Procure entender se você deseja aumentar sua rentabilidade, atrair novos clientes ou mesmo liquidar o seu estoque.

Defina o mix de produtos

Meses antes da data, você deve verificar quais serão os produtos disponibilizados em suas lojas físicas e virtuais. Faça uma pesquisa na concorrência e conheça as principais tendências de compras de seus clientes.

Faça uma previsão de vendas

A previsão de vendas é extremamente importante para garantir compras melhores junto a seus fornecedores. Analise seus sistemas de registro e gerenciamento para realizar seus cálculos com base em dados históricos bem estruturados e detalhados.

Avalie o seu estoque

Caso as compras superem o volume das vendas, o retorno financeiro do evento será reduzido. Por isso, você deve calcular a necessidade de compra de cada produto cuidadosamente. Alguns modelos e algoritmos, baseados nos dados coletados pelos sistemas de sua empresa, podem ajudá-lo nessa tarefa. Contudo, se você ainda está no início de seu empreendimento, faça uma boa pesquisa entre o seu público e a concorrência.

Defina uma estratégia junto aos fornecedores

É preciso garantir que os fornecedores cumpram prazos de entrega e que as operações logísticas (como a emissão de notas fiscais, a atualização de estoque, a checagem de produtos, entre outros) funcionem de maneira ágil e eficaz. Para que a última peça da cadeia execute bem todos os serviços, é preciso que todos os elementos estejam bem orquestrados.

Cuide também dos elementos operacionais. Verifique como anda a capacidade de seu site para o aumento de visitas, bem como de seus sistemas de gerenciamento, velocidade de sua internet e carregamento do site. É essencial que você conte com serviços de boa qualidade, que ofereçam estabilidade para as suas atividades fluírem bem. Em 2017, 4 horas de instabilidade nos sites geraram um prejuízo de R$6,4 milhões.

Como vender mais na Black Friday?

Operando com transparência e oferecendo bons produtos e serviços por preços atraentes, você conquistará a clientela. Saiba como:

Ofereça descontos reais

Tornou-se famosa a prática do “tudo pela metade do dobro“, em que lojistas elevam o preço dos produtos exorbitantemente e, em seguida, oferecem descontos gigantescos. Contudo, os consumidores estão atentos a esses golpes.

Seja empático e realista, você, enquanto consumidor, adquiriria um produto nessas condições? Que impressão teria de uma empresa como essa? Com certeza, não seria nada boa, então, não cometa esse erro em dua loja. Você corre o risco de perder ao invés de ganhar clientes.

Para oferecer descontos reais, faça um inventário, como já indicamos na etapa de planejamento, e verifique quais produtos podem ser colocados em promoção e quais são os mais atraentes para os clientes. Dessa maneira, você pode analisar sua margem de lucro e negociar condições especiais com seus fornecedores.

Dê descontos exclusivos para clientes antigos

Recompense seus clientes antigos pela fidelidade. Por newsletter, WhatsApp ou SMS, ofereça um cupom de desconto exclusivo para “presenteá-los”. Se você já conta com uma base de clientes segmentada, vale verificar o que esses clientes mais consomem e oferecer ofertas diferenciadas, tornando-as imperdíveis e especialmente projetadas para eles. Afinal de contas, todo mundo quer um pouquinho de exclusividade, não é mesmo?

Planeje suas ações de divulgação

As ofertas de Black Friday são bastante atraentes. Por isso, para se destacar, você precisa fazer uma divulgação inteligente de seus produtos, serviços e ofertas.

Vale investir em anúncios virtuais bem direcionados, comerciais de rádio e TV, espaços em jornais e revistas, entre outros. O importante é chegar onde a sua audiência está e respeitar o seu orçamento de marketing. Isso exige, mais uma vez, planejamento e muita estratégia. Junto de especialistas, defina métricas que permitam acompanhar a eficiência de suas ações e mudar de rota em tempo hábil, caso necessário.

A Black Friday é uma data importante, tanto para consumidores quanto para empreendedores, que não só têm a chance de melhorar as vendas como também de mostrar a capacidade de suas operações para garantir a satisfação da clientela.

Gostou das dicas? Então, preencha o formulário abaixo e receba novidades exclusivas em seu e-mail. Até a próxima e boas vendas!

Leia Também