Formas de pagamento: como variar em micro e pequenas empresas?

Ler depois

Formas de pagamento: como variar em micro e pequenas empresas?

Ler depois

Existem diversas formas de pagamento disponíveis, mas qual delas é melhor para o seu modelo de negócio? Quais são as vantagens das máquinas de cartões de débito e crédito? Respondemos a essas e outras questões abaixo. Confira:

Conhecer profundamente seu público-alvo é essencial para o sucesso nos negócios. Hoje, manter um bom relacionamento e proporcionar experiências que satisfaçam o cliente são os maiores diferenciais que uma empresa pode ter quando comparada a suas concorrentes.

Por isso, muitos empreendedores se esforçam para disponibilizar o melhor mix de formas de pagamento, visando atrair mais consumidores através de diferentes formas de pagamento que propiciem mais comodidade para todos. Nas próximas linhas, vamos apresentar algumas delas e quais são suas vantagens e desvantagens. Fique de olho e avalie novas opções para seus clientes. Boa leitura!

Pagamento à vista em dinheiro

A principal forma de pagamento utilizada em compras de pequeno valor é, sem dúvida, o dinheiro. Em muitos estabelecimentos, as taxas embutidas nas operações com cartão levam os comerciantes a exigir um valor mínimo para compras a crédito ou a débito.

Vantagens

Não há nenhum tipo de taxa ao se cobrar por produtos e serviços em dinheiro. De fato, essa é a forma mais conveniente para pequenas compras. Além disso, ao aceitar importâncias em espécie, você garante a liquidez do caixa, enquanto em outras opções de pagamento é necessário aguardar um tempo para receber.

Desvantagens

A principal desvantagem de receber pagamentos em dinheiro está no fator segurança. No caso de grandes vendas, seja em volume ou numa única negociação, a soma dos valores recebidos em caixa pode chamar a atenção de pessoas mal-intencionadas. Também não é possível realizar vendas online com recebimento em dinheiro, sendo necessário disponibilizar outra forma de pagamento.

Pagamento em cheque

formas de pagamento

O cheque já foi uma forma de pagamento muito utilizada, não só no Brasil, mas em todo o mundo. Ultimamente vem caindo em desuso devido ao surgimento de outras opções. Segundo dados do Banco Central, sua utilização caiu 14% em 2016 em relação ao ano de 2015.

Entretanto, apesar de menos transações, os valores movimentados em cheque ainda superam os dos cartões de débito e crédito, já que essa forma de pagamento é utilizada para grandes somas, como a compra de um carro usado ou pagamento de salários.

Vantagens

O primeiro item que merece destaque é o fato de que não existem taxas cobradas do comerciante que aceita cheques como forma de pagamento. Essa modalidade também permite o parcelamento de compras por meio de cheques pré-datados assinados pelo cliente, mas sem as taxas adicionais cobradas pelos cartões.

Quanto ao fator segurança, sempre que um cheque for extraviado ou furtado, é possível pedir ao cliente que suste o documento e compareça na loja para passar um novo cheque. Pode ser um incômodo ao consumidor, mas é uma opção melhor do que ficar sem o pagamento.

Desvantagens

Para vendas online não há a opção pagamentos em cheque. Também é importante ficar atento à segurança da transação, que é baseada na confiança entre cliente e vendedor.

Também existe a possibilidade do consumidor cancelar a validade do documento e sustar o cheque antes mesmo do pagamento ser descontado no banco. Isso pode ser feito alegando a ocorrência de um desacordo comercial, por exemplo.

Há também o risco do titular da conta bancária não possuir fundos suficientes para cobrir o valor do documento, o chamado cheque sem fundo. É uma possibilidade real e que gera muitos transtornos.

Outro ponto sensível são os cheques de terceiros: o ato de passar para a frente a ordem de pagamento recebida de outra pessoa. Algo considerado como uma má prática pelos bancos e que pode acarretar sérios problemas.

Depósito via boleto bancário

O carro-chefe dos pagamentos online no Brasil ainda é o boleto. Mesmo com a ascensão dos cartões, essa opção é a preferida pela maioria dos consumidores na hora de realizar suas compras na internet.

A emissão de boletos pode ser solicitada em sua agência bancária e existe em duas modalidades: o boleto registrado e o sem registro. A primeira opção mantém boa parte do controle dos pagamentos com o banco. Já a segunda, transfere a responsabilidade para o vendedor.

Vantagens

O boleto possui taxas menores, permitindo a oferta de melhores preços aos clientes. Além disso, os consumidores online tendem a optar por essa forma de pagamento, já que não exige a inserção de dados bancários, o que aumenta sua sensação de segurança na hora de realizar uma compra pela web.

Desvantagens

Uma grande desvantagem é a constatação do pagamento, que pode demorar um pouco. Além disso, os clientes podem passar por todo o processo de compra, emitir o boleto e simplesmente não realizar o pagamento.

Pagamento com cartões de crédito ou débito

O crescimento do uso de cartões de crédito e débito para a realização de compras é visível. Tanto in loco quanto pela internet, os cartões são uma opção relevante na hora de montar seu mix de formas de pagamento.

Neste tópico, vamos abordar o pagamento com cartões de débito e de crédito, formas distintas de pagamento, mas que se utilizam da mesma via: o cartão.

Vantagens do cartão de crédito

A principal vantagem para o consumidor é poder jogar o pagamento para o outro mês ou parcelar suas compras. Já o vendedor, ao vender no crédito de maneira parcelada, contará com a certeza do pagamento por parte da bandeira de cartão, independentemente do cliente quitar sua fatura.

Desvantagens do cartão de crédito

A principal desvantagem do cartão de crédito são as taxas praticadas pelas operadoras, que incidem sobre o valor do produto.

Vantagens do cartão de débito

O pagamento é realizado na hora pelo cliente, que necessita ter crédito em conta para realizar a transação. No caso de um e-commerce, não existe mensalidade de máquinas, apenas as taxas.

Desvantagens do cartão de débito

Em vendas online, algumas lojas optam por não fornecer pagamento via cartão de débito, devido à burocracia e à demora no recebimento dos valores, preferindo o boleto e o cartão de crédito. Já nas vendas tradicionais, o débito é uma forma de pagamento recorrentemente utilizada.

Bônus!

Bitcoins

O Bitcoin é a moeda virtual mais famosa do mundo. Batendo recordes consecutivos de valorização, já é apontada por muitos especialistas como o futuro das transações online.

Muitos comerciantes já estão pesquisando como aceitar essa nova forma de pagamento para sair na frente de seus concorrentes. Uma solução é contratar um processador de pagamentos que aceite Bicoins, ou criar uma carteira online e enviar o código da mesma para que seu cliente realize o depósito.

Vale ressaltar que já existe até mesmo uma plataforma baseada em Etherium que recompensa PMEs pelo envio de dados: a Repux.

Vantagens

As transações das moedas virtuais são muito mais seguras do que qualquer outra forma de pagamento, além de permitir uma transferência entre contas muito rápida e aceitar pagamentos do mundo todo.

Desvantagens

A oscilação de preço pode ser um problema na hora de formular os valores de uma transação, já que a moeda ainda não está estabilizada e conta com altos e baixos constantes. Outro ponto a ser analisado é que o Bitcoin não tem lastro, ou seja: seu valor é baseado em especulações da própria comunidade que a usa.

Existem diversas formas de pagamento para e-commerce ou vendas tradicionais que você pode implementar no seu negócio. Entenda bem o perfil de seus clientes e quais são suas necessidades e objetivos.

Verifique também os prós e contras de cada uma dessas opções e monte seu mix de pagamentos sempre com foco na melhoria de seu faturamento e em proporcionar uma boa experiência para seus clientes.

Fique por dentro de mais informações e dicas sobre como administrar o seu negócio. Preencha o formulário abaixo e inscreva-se em nossa news!

Leia Também