Computador empresarial: faça a escolha certa

Ler depois

Computador empresarial: faça a escolha certa

Ler depois

As ferramentas de trabalho são de grande importância em qualquer ramo de atuação. Sem bons recursos e tecnologias, a produtividade cai e, consequentemente, os resultados também. Por isso, a escolha de um computador empresarial deve ser levada a sério.

Diferentemente de uma máquina para uso pessoal, os computadores das empresas são utilizados para desempenhar funções específicas. O uso de um software de edição audiovisual, por exemplo, exige uma placa de vídeo robusta e confiável. Já se o computador for utilizado como servidor em um sistema de tecnologia da informação, ele precisará de mais capacidade em termos de processamento e memória.

Ou seja, é preciso ficar atento para não comprar um computador empresarial da mesma forma que se escolheria um computador comum. Por isso, preparamos este artigo para ajudar você. Boa leitura!

O que deve ser considerado na hora da compra?

Vários aspectos devem ser levados em conta para acertar na escolha de um computador para uso corporativo. Descubra, nos próximos tópicos, quais são os principais deles.

Necessidades da empresa

O primeiro passo é sempre investigar as necessidades da empresa. E fazer uma estimativa não basta; é preciso saber exatamente qual será o contexto de utilização de cada máquina, quais softwares serão instalados etc.

Inclusive, é válido fazer uma pesquisa com os funcionários para identificar possíveis melhorias em relação ao equipamento atual. Ninguém melhor do que aqueles que executam tarefas diariamente nos computadores para apontar qual é a configuração ideal.

Uma dica interessante é que os computadores não precisam ser todos iguais. Pelo contrário: podem ser compradas e distribuídas diferentes máquinas, de acordo com a função de cada colaborador.

Relação custo-benefício

Sabemos que o custo é sempre um dos pontos mais delicados de qualquer projeto empresarial, e na compra de equipamentos não poderia ser diferente. Nem sempre existe a possibilidade de adquirir a melhor tecnologia do mercado. Porém, isso não significa que você deve simplesmente comprar o computador mais barato.

É crucial que os gestores encontrem uma boa relação custo-benefício, pois, caso contrário, o barato pode sair caro. Já imaginou ter que trocar um equipamento adquirido há poucos meses porque ele não dá conta do recado?

Sendo assim, compare sempre o preço ao benefício proporcionado pela compra. Ao errar na escolha, a produtividade, o armazenamento dos arquivos e até a segurança digital podem ficar comprometidos.

Tamanho e resolução do monitor

Se o computador corporativo será utilizado para artes gráficas e conteúdo audiovisual, a resolução e o tamanho do monitor podem fazer toda a diferença. Além disso, há profissionais que precisam trabalhar com diversas janelas abertas simultaneamente e, por isso, precisam de uma tela maior — em alguns casos, trabalham com dois monitores ao mesmo tempo.

Desempenho do processador

O processador é como se fosse o cérebro do computador. Se você precisa de velocidade, esse é um dos componentes que mais merecem a sua atenção.

Verifique se ele é dual-core (dois núcleos), quad-core (quatro núcleos) ou octa-core (oito núcleos) — quanto maior o número de núcleos, mais tarefas podem ser realizadas simultaneamente e com fluidez. Verifique também a frequência, expressa em GHz — quanto mais alta a frequência, melhor é o desempenho.

Desempenho da memória RAM

No geral, uma memória RAM de 4GB é aceitável para um computador de uso corporativo. Entretanto, isso vai depender dos softwares utilizados e da quantidade de tarefas realizadas ao mesmo tempo. Quanto maior for a memória, mais janelas e programas poderão funcionar simultaneamente sem gerar lentidão ou travamentos.

Capacidade do HD

Quais programas e arquivos serão salvos no computador? Qual é o peso deles? Dependendo da empresa, tudo é armazenado na nuvem e, nesse caso, você não precisa se preocupar com o HD. Se esse não é o caso da sua empresa, é imprescindível adquirir um computador que tenha um HD com alta capacidade de armazenamento.

Desktop ou notebook

Se a ideia é utilizar a máquina sempre no mesmo local, um desktop é o ideal. Por outro lado, para colaboradores que transitam bastante pelos diferentes ambientes da empresa e costumam faz home office, vale mais a pena ter um computador portátil.

Duração da bateria

No caso do notebook, que acaba sendo levado para diferentes reuniões e apresentações nos mais variados setores da empresa, também é preciso se atentar para a capacidade da bateria. Quanto maior for o número de células, melhor será a autonomia — por outro lado, isso pode afetar o peso e o tamanho do notebook.

Eficiência energética

Uma empresa tende a ter muitos aparelhos funcionando ao mesmo tempo. Contar com máquinas que tenham eficiência energética ajuda a reduzir custos recorrentes com a conta de luz.

Quais são os benefícios de adquirir um computador empresarial?

Como mencionamos anteriormente, existem muitas diferenças entre computadores pessoais e empresariais.

Ao optar por uma máquina desenvolvida especialmente para o uso profissional, você conta com diversas vantagens. Confira, a seguir, algumas delas.

Resistência

Trabalho envolve deslocamentos, tarefas variadas e até mesmo diferentes pessoais utilizando um mesmo computador. As tecnologias desenvolvidas especialmente para uso empresarial costumam ser mais resistentes, pois já são criadas pensando em todas as situações pelas quais passarão.

Funcionalidades diferentes

De nada adianta comprar uma máquina simples e depois ter que investir mais capital para adquirir outra que não seja cheia de limitações. Justamente pela necessidade de atender várias situações de uso, um computador destinado ao trabalho precisa ser completo — ter conexões de entrada e saída variadas e modernas, por exemplo.

Maior segurança

Normalmente, um computador empresarial atua em rede e, por isso, a segurança é fundamental. Já pensou surgir um problema e ter toda a estrutura da empresa afetada? O uso de uma máquina profissional também auxilia nesse sentido.

Soluções personalizadas em suporte e manutenção

Ao escolher um computador de uso profissional, a companhia também abre a possibilidade de contar com um serviço de manutenção de computadores empresariais.

Um exemplo está nas soluções do suporte da Oi para empresas, como o Suporte Multidispositivo Empresarial, que oferece atendimento telefônico 24 horas por dia para solucionar problemas em celulares, tablets e computadores. Além disso, caso seja necessário, pode ser solicitada a visita de um técnico para resolver os problemas dos computadores.

O serviço ajuda em questões como: instalação de programas, computador lento, configurações de e-mails no Outlook, configurações de celular, auxílio para utilização de GPS no tablet ou smartphone, entre outros.

Como você pôde notar, existem muitos fatores que devem ser considerados na hora de escolher um computador para a empresa. Ao seguir as dicas que reunimos aqui, você não terá problemas para encontrar a melhor solução para o seu negócio.

Além disso, considere a possibilidade de contar com um suporte de redes de computadores empresariais. Esse tipo de serviço tira dúvidas, resolve problemas em diferentes dispositivos e auxilia sua equipe no que for necessário.

Gostou deste post sobre como escolher um computador empresarial? Então, assine a nossa newsletter para receber gratuitamente  novos conteúdos! 

Plano de Internet empresarial ideal pra sua empresa

BANDA LARGA

BANDA LARGA

Internet Oi empresarial: Cuidando do seu negócio da instalação ao suporte no dia a dia.

Leia Também