Como as novas tecnologias vão impactar seu negócio?

Ler depois

Como as novas tecnologias vão impactar seu negócio?

Ler depois

Não há dúvidas de que as novas tecnologias estão mudando maneira de se fazer negócios. Nada mais é como antes, e, agora, qualquer transação pode estar a um clique de distância. Para acompanhar essa revolução digital, você deve ficar atento a como essas tendências poderão afetar sua empresa.

A tecnologia também modificou os modelos de ofertas de serviços. Agora, você pode pedir um motorista pelo celular ou pagar uma conta de telefone ou energia sem sair de casa. Essa é uma mudança que tem tudo para ficar e seu negócio também pode tirar bom proveito disso.

Neste post, vamos mostrar como a tecnologia aliada à gestão de PME pode auxiliar sua empresa a aumentar significativamente seus lucros e conquistar uma parcela maior do mercado. Então, continue conosco e tome nota!

Tendências tecnológicas para PMEs

São várias as transformações e mudanças que o mundo empresarial vem enfrentando nos últimos tempos. Estar atento às oportunidades trazidas pela tecnologia pode potencializar seu negócio e fazer a diferença entre sobreviver no mercado competitivo atual ou acabar por encerrar as operações.

Confira 10 tendências que podem auxiliar no crescimento e na expansão da sua empresa.

1. Tecnologia empresarial

A gestão de uma pequena empresa pode ser algo complexo para quem não tem uma formação específica em administração, porém, o uso de softwares de gestão pode ajudar bastante nos fluxos administrativos e automatizar alguns processos.

Assim, você otimiza sua rotina diária de gerenciamento, além de ter acesso aos números de sua empresa de maneira simples e rápida. Algumas dessas soluções não demandam sequer uma infraestrutura de servidores, podendo ser utilizadas via serviço na nuvem.

2. Mobile

Segundo um estudo da Flurry, empresa americana de consultoria em tecnologia, o Brasil ocupa o 5º lugar no ranking mundial de pessoas “viciadas em smartphones”. Para fins do estudo, foram considerados viciados indivíduos que abrem aplicativos em seu celular mais de 60 vezes por dia.

Ao pensar nesses dados, fica impossível não imaginar o impacto da tecnologia móvel para micro e pequenas empresas no Brasil. Investir em sites mobile, aplicativos e promoções exclusivas para compras via dispositivos móveis pode ser uma maneira de se diferenciar no mercado.

3. Serviços na nuvem

Poder usufruir da tecnologia economizando espaço, tempo e recursos — isso é a computação em nuvem. Você usa um serviço hospedado em um servidor remoto e paga pelo espaço de armazenamento e pela capacidade de processamento que utilizar.

Esse tipo de modelo de computação pode reduzir muito os custos com hardware e licenças de software, além de aumentar a produtividade entregue pela utilização de sistemas na realização de tarefas diárias. Clique aqui e confira nosso post sobre cloud computing.

4. Internet das Coisas

Segundo o conceito de IoT (Internet of Things), tudo pode ser conectado à rede. Ou seja, todos os aparelhos utilizados em nosso cotidiano poderão ter uma conexão com a internet, como eletrodomésticos, carros, televisores, etc.

E o que esperar dessa conexão? Que esses aparelhos “conversem” entre si para maior conforto do usuário! Imagine a seguinte situação: sua geladeira acessa o GPS do seu smartphone para saber quanto tempo levará para você chegar em casa. Enquanto isso, o eletrodoméstico ajusta o termostato para que, quando você chegue, sua bebida favorita esteja na temperatura ideal.

5. Impressoras 3D

Uma revolução recente na indústria foi o desenvolvimento da impressora 3D. Por meio dessa tecnologia, sua empresa pode elaborar protótipos muito mais rápido e a um custo bem menor, facilitando o processo de criação de novos itens. Além, é claro, de possibilitar a customização de produtos já comercializados em seu negócio.

6. Redes sociais

Algo que as novas tecnologias agregaram às pequenas empresas foi a possibilidade de interagir com seus clientes sem dispor de uma grande plataforma de marketing.

Buscar entender quais são as redes sociais mais utilizadas pelo seu público-alvo e interagir diretamente com seus clientes por meio de postagens que lhes interessem pode ser muito mais efetivo do que rios de dinheiro investidos em estratégias de marketing tradicionais.

7. Fim da burocracia

Hoje já é possível realizar a abertura de uma MEI on-line no Portal do Empreendedor, e garantir sua cidadania empresarial, com CNPJ, direitos e deveres inerentes a um microempreendedor individual. Além disso, você também já pode registrar sua própria marca no portal do INPI e sair da irregularidade de uma vez por todas.

A tendência é que se diminua, cada vez mais, a burocracia existente para todas as atividades de gerenciamento de uma micro e pequena empresa, facilitando sua abertura, gestão e fechamento.

8. Lojas virtuais

A internet tem o poder de potencializar suas vendas e aumentar seus lucros. Criar uma loja virtual e distribuir seus produtos on-line pode ser uma ótima oportunidade de utilizar as novas tecnologias a favor de sua empresa.

Vários fornecedores de hospedagem oferecem ferramentas que permitem criar lojas virtuais sem que o usuário tenha muito conhecimento prévio. Contratar uma empresa terceirizada para criar a sua loja também pode ser um bom investimento.

9. Novos métodos de pagamento

O pagamento digital já é uma realidade. Várias instituições estão adotando novas soluções para ofertar diferentes métodos de pagamentos para seus clientes. A fim de se adaptarem às necessidades do consumidor, as pequenas empresas já aceitam cartões de crédito, boletos e algumas, até mesmo, transações em Bitcoins.

Tudo isso visa à melhor experiência do usuário e à satisfação de suas necessidades.  Afinal, não tem sentido perder uma venda apenas porque o método de pagamento do cliente não é aceito.

Conseguir esse tipo de recurso é muito simples, basta adquirir uma máquina de cartão. Muitas delas já têm contratos com operadoras de telefonia, o que facilita na hora de dar início a esse tipo de operação. Para que sua maquininha funcione adequadamente, você precisa de uma conexão com internet ou de uma linha telefônica.

10. Big Data

Todas as interações entre clientes e empresas geram muita informação em forma de dados. Tais dados podem ser armazenados em estruturas de banco de dados conhecidas como Big Datas.

Ao acumular grandes quantidades de informações, padrões de consumo poderão ser analisados, gerando um conhecimento de suma importância para a gestão de sua empresa. Com dados bem estruturados, as tomadas de decisão nos pequenos negócios ficam bem mais fáceis.

Investir em recursos que refinem os processos de seu negócio é fundamental para o progresso e reconhecimento de sua marca. Clique aqui, acesse nossos planos de telefonia celular e internet banda larga para sua empresa!

Leia Também